terça-feira, 7 de agosto de 2012

Gênero Textual: Diário

  • Objetivos
Conhecer as características do gênero diário;
Produzir textos em forma de diário;
Desenvolver o gosto pela escrita.
  • Recursos didáticos
Livro didático;
Textos e exercícios xerocados;
Laboratório de informática – Projeto: É hora de ler.
  • Roteiro
Atividade 1





Utilização do livro didático para realização da atividade: “Escrever: muito prazer - Criar diário”, páginas 193 a 198.





Atividade 2
Entrega aos alunos, cópias xerocadas de textos escritos em diários, para terem conhecimento deste gênero textual.
Atividade 3
Para iniciar essa atividade, deverá ser perguntado aos alunos se já leram alguma obra literária em que o autor escreve sobre a forma de diário. Na sequência, os alunos irão ao laboratório de informática para lerem o livro “o diário de Serafina”.
Atividade 4
Entrega aos alunos, cópia xerocada do texto "Confissões de um vira-Lata" para leitura, debate e interpretação de texto.
Atividade 5
Produção de textos - o diário - conforme as orientações abaixo:
  1. Fazer relatório cronológico de fatos e acontecimentos do dia-a-dia;
  2. Expressar opiniões e impressões, confissões e/ou meditações; 
  3. Relembrar um episódio do dia de hoje e contar em forma de diário. 
  4. Quando terminar, ilustrar seu texto.
  • Sugestão de leitura
O diário de Zlata - A vida de uma menina na guerra, de Zlata Filipovié. 
  • Avaliação
Observar: Se a escrita ficou mais atraente, significativa e prazerosa. Se a produção do diário foi vista pelos alunos não apenas como expressão do que sentem/pensam, mas também como um espaço para a reflexão de suas próprias ações.


...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SUGESTÕES...

* Mostrar vários jornais locais para que os alunos estabeleçam as semelhanças e diferenças na diagramação, primeira página, manchetes, leads e temáticas abordadas;

* Promover a comparação dos jornais locais com o jornal escolar;

* Solicitar a pesquisa dos principais elementos de uma notícia: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?

* Desenvolver a capacidade argumentativa e crítica de cada leitor, solicitando-lhe que concorde ou discorde de um texto ou notícia através de argumentos convincentes;

* Pedir que estabeleçam a distinção entre fato e opinião;

* Solicitar a enumeração das temáticas abordadas;

* Explicitar os tipos de texto e os gêneros textuais presentes no jornal escolar;

* Incentivar a produção de cartas do leitor ou artigos de opinião sobre um problema da comunidade escolar ou do entorno da escola para publicação em um jornal local.

Fonte: Mundo Jovem